Arquivo da categoria: Meu Pernambuco

Paralelo entre a Colonização portuguesa e holandesa

Vamos fazer neste poste um paralelo entre alguns pontos que são de relevância nas colonizações que o Brasil passou, a portuguesa e holandesa. Antes de iniciar tal paralelo temos que ter em mente algumas considerações. Tanto portugueses e holandeses deixaram suas marcas culturais. Não se trata de uma mera comparação ou de  uma batalha de quem melhor colonizou, mas sim a comparação em pontos cruciais de uma colonização.

Batalha dos Guararapes, 1649 – Holandeses X Portugueses

Leia o resto deste post

Anúncios

Primeira Travessia do Atlântico Sul

Quando andamos pela cidade do Recife, vemos várias praças, por menores que sejam, que com seus monumentos algumas passam despercebidos. E com certeza uma que fica na Praça 17 é uma delas. Embora ela seja comemorativa a Revolução Pernambucana de 1817, devido a Rua do Imperador ela foi dividida em duas.

Homenagem em Recife aos aviadores

Homenagem em Recife aos Aviadores

Numa delas que fica mais próximo ao rio Capibaribe podemos ver um homem de asas e dois bustos abaixo. O monumento fora erguido aos portugueses Sacadura Cabral e Gago Coutinho em comemoração a primeira travessia do Atlântico feita por aeromodelo em 1922. No alto, a estátua de bronze de Ícaro. Mas quem foi Sacadura Cabral? Leia o resto deste post

Dom Helder Camara – O Santo Rebelde

Quando dou comida aos pobres, me chamam de santo. Quando pergunto porque eles são pobres, chamam-me de comunista. Dom Helder

Leia o resto deste post

Francisco do Rego Barros

Francisco do Rego Barros o Conde da Boa Vista

Francisco do Rego Barros, Barão, Visconde e depois Conde da Boa Vista, nasceu no dia 3 de fevereiro de 1802, na cidade do Cabo, no Engenho Trapiche, de propriedade de seus pais Francisco do Rego Barros, Coronel de Milícias e Mariana Francisca de Paula do Rego Barros.

Leia o resto deste post

Gravado a Ferro e Fogo

Realmente hoje é um dia que não há nada de especial a ser comemorado. Mas ele está gravado a ferro e fogo e de maneira bem viva na mente de muitos que carregam consigo as marcas da nossa Ditadura Militar.

Leia o resto deste post

195 anos de Revolução Pernambucana de 1817

Durante um período de crise econômica, de ferrenha pressão do absolutismo monárquico e com a presença das idéias iluministas , os pernambucanos se mobilizam em todas as camadas e se voltaram contra tal situação.
No dia 06 de Março do ano de 1817 a então Revolução dos Padres, mais conhecida como Revolução Pernambucana, estourou.

Leia o resto deste post

Censura Nunca Mais

Na construção da História de nosso país, temos algumas páginas acinzentadas se não negras. A mais conhecida de todas é o período que vai de 1964 a 1985 que é a Ditadura Militar.

Golpe este que se revelou como um regime altamente autoritário e centralizador. Não havia democracia nem direitos para os cidadãos. Todo um país vivendo em estado de sítio e as ruas apinhadas de soldados e tanques de guerra.

Leia o resto deste post

Sítio Arqueológico Furna do Estrago

A região, na pré-história e hoje;

Ela se encontra a norte da Serra da Boa Vista, conhecida no local como Serra do Estrago, e a pouco de mais de 1km a

Vista da subida ao acesso do sítio

oeste da cidade do Brejo. Encontra-se nas proximidades dos rios Capibaribe e Ipojuca. Paisagens que tem a presença de depressões, declives e aclives e uma vegetação exuberante. Com presença de formações rochosas graníticas. O solo com material depositado bem raso. Os climas locais variam de semi-árido na caatinga; quente e úmido com chuvas no período de outono-inverno numa faixa restrita; e úmido na Mata Serrana.

Não houve grandes mudanças nos clima desde a época pré-histórica, a não ser no período de 2.000 anos de seca devido à glaciação.

Leia o resto deste post

Bodega da História

Estamos prestes a abrir nossa Bodega, e por isso damos as boas vindas antecipada a todos que virão nos visitar em nosso humilde estabelecimento de conhecimento. Aqui iremos servir as mais antigas bebidas (fatos históricos) com os mais deliciosos pratos e acompanhamentos (novas contextualizações e atualizações). Das mais diversas formas e maneiras iremos ofertar que temos de melhor na casa.

Ainda estamos ajustando nosso pequeno cafofo e terminando de contratar alguns funcionários e supervisores. Alterações irão ocorrer mas queremos inaugurar logo. Em algumas semanas a contagem regressiva irá começar

Há uma frase de um grande pensador russo Fiódor Dostoiévski que define muito bem o reestudo dos fatos históricos em posse de novas fontes que complementam e auxiliam cada vez mais o homem entender O QUE FOI: “Não há assunto tão velho que não possa ser dito algo de novo sobre ele”

Vamos nos embriagar das mais diversas maneiras, sair cantando sobre vitórias, derrotas, heróis e vilões pelos becos de nossa Linha Histórica e cair na sargeta embriagados pelo saber. Puxe um banco, chame uns camaradas e vamos dar início a festa…

Fraternalmente,

O Gerente.